sábado, novembro 01, 2014

A consciência




Tudo o que fazemos ou que não fazemos, primeiramente é filtrado pela nossa consciência. Ela pode me deixar em paz ou atormentado dependendo das minhas ações, eu sei que não sou só eu que é assim, ou pelos menos, todo mundo deveria ter esse alarme na cabeça. 
Ter a exata noção das conseqüências de cada atitude mesmo que demore ou aparentemente não aconteça nada, é o que a consciência faz. Independente dos resultados e dos fatos notórios, eu procuro sempre ter uma consciência limpa, em paz. Como eu faço isso? Apenas fazendo o que eu sei que é certo. Não tem como ninguém externamente perturbar a gente, ou sugestionar coisas, se a gente não permitir. 
Toda atitude não só tomada por mim, mas por qualquer um, tem um significado, uma trajetória. É muito fácil olhar os erros das pessoas, mas olhar para a dor, as lágrimas derramadas e o sofrimento ninguém olha. Por isso, antes de julgar alguém temos que saber que a pessoa está consciente, e entender o porquê dessa ou aquela atitude, pode ser que não concordemos, mas pelo menos temos que entender, isso não quer dizer apoio, apenas compreensão. Com certeza, uma pessoa que compreende ou se compreende, tomará mais cuidado quando for partir para alguma ação ou julgamento, mesmo assim críticas sempre existirão, se te criticam é por que você é alguém. Se a pessoa está consciente e toma atitudes levianas, trará reações levianas, se conscientemente tem atitudes boas, boas reações virão também. Nós somos muito mais, e podemos muito mais do que imaginamos, nenhuma palavra pode atingir ou impedir o que de fato almejamos, principalmente quando a consciência está limpa.