terça-feira, dezembro 27, 2016

A dor

Muitas vezes parece que o que estamos passando só serve para nos fazer ficar tristes, é necessário um amadurecimento para entender que a dor que te machuca é a mesma que te ensina. Passar por uma situação desconfortável ou desfavorável é maravilhoso, porque aí você entende a vida de um outro jeito. Cego é quem não quer perceber os vários sinais que existem em uma caminhada. Quando você está dirigindo um carro, ou estão dirigindo para você, não dá para ignorar aquelas placas de sinalização que avisam que mais para frente vem uma curva sinuosa à direita, e não dá para muito menos desprezar uma placa que avisa que mais para frente a curva é muito acentuada. Se a pessoa ignorar qualquer uma dessas placas que eu mencionei aqui, não é nem preciso dizer que ela vai cair barranco abaixo.

Os sinais da vida muitas vezes se parecem com as placas da estrada, tem gente ignorando os sinais e quando vê que está caindo não consegue mais parar de cair pela falta de cuidado. Se a pessoa sair dessa situação vai ter aprendido do modo mais difícil que sinais não podem ser ignorados. Agora falando em um sentindo mais amplo no cotidiano da vida nem sempre prestamos atenção em coisas que estão acontecendo ao nosso redor para nos avisar que devemos seguir aquela direção e não ir por aquele caminho.

Quando um caminho é tomado de forma equivocada pode ser que a dor que te machuca é a única maneira de te ensinar. O importante é aprender. Esse ano de 2016 está acabando, e que todas as dores que nos fizeram sofrer possam servir de ensinamento para um 2017 cheio de novas atitudes e comportamentos. Com certeza o crescimento e a melhoria como ser-humano é o mais importante para que sejamos cada vez mais repletos de felicidade fazendo que a vida seja cada vez melhor.


Salar de Uyuni - Bolívia