sábado, abril 01, 2017

Sedentarismo

Na minha opinião o ser-humano não foi feito para viver o tempo todo no mesmo lugar. Com um mundo tão grande e tão cheio de belezas seria muito desperdício apenas conhecer uma região, apenas um modo de vida, uma língua, e viver cercado apenas pelas paredes que se erguem diante de um padrão cultural e uma tradição.

Abrir a mente é essencial para entender melhor o mundo e assim se deparar com novas possibilidades, novos jeitos de viver a vida sem que seja necessário estar dentro do padrão que a sociedade combinou impor. 

Cada um vive do que jeito que quer mas eu acho muito desperdício e muito ocioso apenas querer ficar permanecendo o tempo todo no mesmo lugar. O mundo é tão grande, com certeza ele foi feito para ser mais explorado, mais conhecido, mais desvendado. Existe uma possibilidade de viver melhor do que pensamos quando nos deixamos levar pelo que o novo pode oferecer.

As pessoas geralmente querem estabilidade mas se esquecem que nada na vida é estável, hoje você pode estar aqui, mas amanhã você não sabe o que vai acontecer com você com 100% de certeza, você pode fazer planos mas não pode ter absoluta certeza de que eles te trarão toda a realização de que você precisa.

Conhecer o mundo é essencial para perceber que existe muito mais do que você pode entender e pode ver, não estou falando apenas de paisagens mas também de pessoas. Muita gente tem medo de se jogar no mundo pelo o que pode acontecer. Ok, é preciso cautela, mas também é preciso que você encare os seus medos e acredite que o melhor pode acontecer sempre com bastante cuidado e sem ser irresponsável com a sua própria integridade.

É importante se jogar sempre com o que pode ser feito por você dentro dos seus limites e das suas possibilidades, sabendo que o melhor que você podia fazer foi feito. 

O sedentarismo tira muito da amplitude da visão do homem, torna ele mais engessado e dentro de uma caixa formada pelos próprios padrões. O sedentarismo faz uma pessoa perder muitas oportunidades de conhecer tanto lugares incríveis como pessoas.

Não vale a pena ficar o tempo todo no mesmo lugar com o mundão cheio de beleza e gente do bem por aí. Eu acho que o melhor jeito de viver é sempre mudando, no passado o ser-humano fazia isso e tenho certeza que a cada lugar novo que chegava um ar novo rejuvenescia seus pensamentos, trazia mais inspiração e ajudava a esquecer e deixar para trás, literalmente e mentalmente bem longe tudo o que o incomodou.

Viajar, mudar, se inspirar, recomeçar, descobrir e se redescobrir fazem parte de uma vida bem longe do sedentarismo e quero estar cada vez mais próximo desse estilo de vida.